logo legaltech invenis logo invenis software jurífico
invenis advocacia 4.0
logo lawtech invenis

Contencioso Estratégico: o que é e como colocar em prática?

Advocacia 4.0 17 maio 2021

O Contencioso Estratégico envolve não apenas a resolução de contestações, disputas e conflitos de interesse, mas também se antecipar aos problemas que podem surgir, como custos desnecessários. Desta maneira, é possível fazer análises e otimizar os resultados obtidos pelos departamentos jurídicos e escritórios de advocacia.

Para deixar mais claro, vamos fazer um paralelo com o que acontece tradicionalmente. O time responsável pelo contencioso se prepara para solucionar conflitos já existentes, ou seja, há um processo a ser cumprido para que as tarefas sejam feitas dentro de um prazo pré-determinado.

Assim, o jurídico tem um papel mais reativo, porque age apenas a partir do momento em que é acionado. Além disso, cada caso é tratado de forma individual. Esse conjunto de fatores pode trazer custos operacionais grandes, perda de tempo e até mesmo prejudicar a imagem e as atividades da empresa em questão.

O Contencioso Estratégico surgiu para mudar esse cenário e contribuir em todos os sentidos. Ao longo deste conteúdo, vamos explicar melhor o porquê e como adotar essa prática. Continue acompanhando!

O que é contencioso estratégico?

Como falamos anteriormente, o foco dos advogados que trabalham com o Contencioso Estratégico é atuar de maneira proativa dentro das empresas e dos escritórios de advocacia. O papel deles é criar análises e propor soluções para se antecipar aos riscos, diminuindo ou até mesmo eliminando as ocorrências.

O jurídico, neste caso, se torna uma unidade de negócios dentro da organização, tomando decisões baseadas em dados e com inteligência de mercado. A área começa a auxiliar na evolução do negócio, com foco nos interesses gerais da companhia, e, por isso, a atuação preventiva se torna essencial.

Ao estudar o histórico processual e tomar conhecimento sobre os problemas internos existentes, os profissionais conseguem traçar estratégias e pensar em soluções que evitem quaisquer transtornos. A ideia é minimizar, prevenir e conter conflitos antes que eles se tornem caros, demorados e desgastantes.

Como colocar em prática?

O primeiro passo é investir em tecnologias que ajudem a diminuir as tarefas operacionais e repetitivas. Desta forma, os profissionais podem investir seu tempo em ações mais estratégicas e que vão ajudar na evolução da empresa ou do escritório de advocacia, tornando seus trabalhos muito mais eficientes.

Além disso, também existem recursos tecnológicos e ferramentas importantes e que podem auxiliar em outras questões, como:

  • Comunicação entre áreas, desburocratizando e facilitando o acesso às informações
  • Dados jurídicos, reunindo informações importantes de serem analisadas pelos profissionais
  • Gestão do jurídico, para que seja possível identificar gargalos e propor melhorias
  • Otimização da rotina, com ferramentas, como o Inspect Invenis, que possam realizar a pesquisa de novas distribuições, possibilitando a ação imediata do time por meio de negociações e acordo

A principal melhoria necessária para colocar em prática o Contencioso Estratégico é a mudança de mindset do time e da empresa. Todos precisam entender o que e para que as novidades estão sendo implementadas, deixando claras as vantagens financeiras, operacionais e profissionais que isso vai gerar.

Para ajudar nessa tarefa, já demos dicas sobre automação jurídica e falamos sobre Legaltech, startups que unem Tecnologia e Jurídico e fazem a diferença no dia a dia das operações. Inscreva-se na nossas Newsletter, para continuar acompanhando todas as novidades!

Continue conosco:

Assine nossa newsletter

Receba as notícias da Invenis e as últimas novidades do mundo jurídico direto em sua caixa de entrada:

logotipo whatsapp